Skip to main content

Vai ser PJ? 3 pontos para você não ter problemas com o Governo

A terceirização de atividades no Brasil ainda está em processo quando comparamos os números do país com outros países em escala mundial. 

Pontos como qualidade do serviço, redução em custos, inovação e flexibilidade de contratação das pessoas são apenas alguns fatores que podem explicar os motivos que tornam o processo de terceirização uma medida mais estratégica e com bons resultados.


Baixe o nosso GUIA: 5 Passos para abrir a sua PJ sem dores de cabeça


Nesse artigo, vamos explicar melhor como funciona para você abrir uma empresa na modalidade PJ e começar a oferecer os seus serviços para outras empresas e faturar mais.

A sigla PJ significa Pessoa Jurídica. O prestador de serviços PJ é um profissional que realiza suas atividades sem um vínculo empregatício, diferentemente do empregado, sua relação de trabalho não segue as regras da CLT.

Dessa forma, a responsabilidade pelo pagamento de impostos e pela contribuição para o INSS é do próprio prestador de serviço. O contratante apenas realiza o pagamento pelo serviço, sem nenhuma outra obrigação.

Esse profissional atua como uma empresa, deve ter um CNPJ ativo e emitir notas fiscais relativas aos trabalhos executados, é reconhecida pelo Estado e detém direitos e deveres de uma empresa.

Muitas Pessoas Físicas têm optado por abrir uma PJ para prestar serviços para outras empresas ao invés de trabalhar como CLT, assim, diversos profissionais têm oferecido seus serviços através de um contrato entre empresas. 



Vamos aos 3 pontos fundamentais para que você tenha um CNPJ lucrativo e não receba uma surpresa negativa no decorrer do tempo: 


1 – Não misture sua conta bancária pessoal com a conta bancária da empresa


Dentro da contabilidade, no âmbito da Receita Federal, existe o princípio da entidade, onde de forma alguma as contas pessoais podem se misturar com as contas da empresa. 

Por mais que a empresa seja somente sua e que não possua mais sócios, nunca misture as contas, o que for conta de uso pessoal pague pela sua conta pessoal e o que for conta da empresa (com nome e CNPJ da empresa) pague pela conta bancária da empresa. 

Você sabia que os empreendedores que trabalham no modelo PJ abrem a empresa para ter uma redução na carga tributária? Então não faz sentido ter uma redução de carga tributária no modelo PJ e misturar as contas, correndo o risco de configurar a sua PJ como uma pessoa física. 

Então em hipótese alguma faça isso, não misture as contas e separe o máximo que conseguir para não ter nenhum problema futuro.


2 – Pague os impostos em dia


O maior erro dos empreendedores brasileiros é deixar os impostos se tornarem uma bola de neve.

Como comentamos, os empreendedores que trabalham no modelo PJ abrem a empresa para ter uma redução na carga tributária, então não faz sentido ter essa redução e não pagar os impostos, correndo o risco de onerar a sua empresa.

Então se por algum motivo você não conseguir pagar algum imposto na data de vencimento, pague assim que possível, mas em hipótese alguma deixe acumular a ponto de você não conseguir se recuperar.


3 – Envie as informações contábeis todo mês para a sua contabilidade.


É de extrema importância que todo o mês você envie as informações para a sua contabilidade, para que a mesma faça o fechamento contábil mensal e você tenha o benefício da isenção de impostos na distribuição de lucros. 

A grande sacada de quem tem empresa, no caso, é receber lucros da sua empresa.


Hoje no Brasil, a legislação diz que a distribuição de lucros é totalmente isenta de impostos, desde que:

  • A conta pessoal não se misture com a conta da empresa;
  • Os impostos sejam pagos em dia;
  • A contabilidade esteja fechada mensalmente.⠀


Ou seja, desde que as dicas que demos aqui sejam aplicadas. Então se você trabalha ou está pensando em trabalhar no modelo PJ siga essas 3 dicas e evite problemas com a Receita Federal.


Agora que você já sabe os principais pontos para ter uma PJ e não ter dores de cabeça com o fisco, baixe o nosso guia: 5 Passos para abrir a sua PJ sem dores de cabeça


Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco via WhatsApp

SeeS Contabilidade Online

Em tudo o que realizamos, acreditamos que a contabilidade da sua empresa pode ser uma tarefa simples, segura e com custo acessível. A forma que encontramos para que isso seja possível foi criando processos, otimizando recursos e focando exclusivamente em micro e pequenos prestadores de serviços. O resultado é uma contabilidade sob medida para você que têm muitas prioridades, valoriza seu tempo e dinheiro. Convidamos você para também fazer parte dessa história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *